facebook_abril_sem4

 

Dicas de C&G

dicas-ceg4

Instalar um lustre no lugar de um antigo requer muita atenção aos detalhes. Pelo novo poder ser mais pesado que o antigo é essencial que você realize esses passos com precisão.

Instruções
1.Determine o peso do novo lustre. Se ele for próximo do peso do atual, não será preciso reforçar o teto. Entretanto, se o lustre for mais pesado que o atual, compre e instale um equipamento que vai dar suporte ao peso do novo lustre.
2.Desligue a energia do circuito onde o lustre será colocado. Quando achar que desligou um circuito, use um testador elétrico para verificar.
3. Remova o lustre antigo. Enquanto realiza esse passo, perceba como era a instalação e marque os fios com fita adesiva.
4.Se você determinou que é preciso instalar algum equipamento para ajudar a suportar o lustre, instale-o agora.
5.Fixe o novo equipamento do lustre à tira de montagem. Se não houver uma, instale uma agora. Use uma que veio com o lustre ou compre-a separadamente.

 

A Construlopes sempre incentiva o garimpo de produtos em suas lojas, e toda semana trazemos uma dica elaborado pelo O Bruno Seiji Takamatsu, estagiário na função de promotor de vendas/paginador da C&G.

Na nossa filial, temos um produto em saldo, que é uma faixa de 8x30cm. Temos 6 peças em estoque. Com essa quantidade, podemos fazer uma faixa linear em cima de uma bancada de banheiro.

garimponovo13

garimponovo14

 

shutterstock_214040800

Passamos um terço de nossa vida dormindo. Então nada mais justo do que descansar num colchão de qualidade. Uma escolha errada pode acarretar noites mal dormidas, causar um sono fragmentado, além de dores na coluna vertebral e torcicolos.

De acordo com o  Instituto Ortopedia e Saúde, o bom colchão deve manter a coluna alinhada e exercer uma função ortopédica, o que significa ceder na medida exata da curvatura do corpo. Para isso, não pode ser nem muito duro, nem muito mole, e dar total apoio à coluna, sem forçá-la.

Parece difícil né? A verdade é que o colchão é uma escolha pessoal, cada um tem o seu gosto (mola/espuma, duro/mole, box/cama, king/queen/casal) e suas prioridades (marca, preço, garantia). Além disso, um bom colchão é um investimento que custa caro e, por ser de uso diário, uma má escolha pode interferir na qualidade do sono e prejudicar a saúde.

Dicas na hora da compra

Na hora H, não tenha pressa. Dê preferência às chamadas “sleep stores” que são lojas com vendedores especializados que podem dar mais informações sobre os produtos. “O maior erro é colocar a mão ou sentar num colchão para testá-lo. É preciso deitar e permanecer por cerca de cinco minutos no mínimo na mesma posição que está acostumado a dormir. Antes de deitar, escolha um travesseiro, sem ele não há conforto. Perceba se o corpo está todo acomodado, principalmente no quadril e ombros”, ensina Ricardo Vogler, tecnólogo do sono.
Se o colchão for de casal, os dois devem provar o colchão juntos. A adaptação ao novo colchão e travesseiro pode levar até 30 dias e estudos mostram que a média de é de três semanas para se acostumar.

Preocupação com o meio ambiente

Os grandes fabricantes estão investindo em matérias-primas renováveis e substâncias naturais para contribuir com a preservação do meio ambiente. Na fabricação dos colchões ecologicamente corretos são utilizados elementos como polióis vegetais derivados da soja, que reduzem a utilização do petróleo na fabricação das espumas.

Da mesma forma, já estão sendo utilizados tecidos de fibras naturais e biodegradáveis para revestir os colchões. Fibras de bambu, eucalipto e algodão 100% orgânico, além de elementos extraídos do aloé vera, camomila e jojoba são as principais opções. Segundo a indústria, esses tecidos são termoreguladores, ou seja, proporcionam frescor na medida certa.

Muitos também têm revestimento de tecido antimicrobiano com íons de prata que matam fungos e bactérias e ajudam a melhorar o sono de quem sofre com alergias respiratórias.

Cama box

As camas do tipo box têm uma superfície inferior de madeira revestida de tecido. São produzidas em quatro medidas: solteiro (0,88 m por 1,88 m), casal (1,38 m por 1,88 m), “queen” (1,58 m por 1,98 m) e “king” (1,93 m por 2,03 m). Porém, na falta de uma regulamentação precisa, tamanhos e modelos podem variar. Por isso os especialistas recomendam que o colchão seja comprado primeiro para garantir o conforto, seja na cama “box” ou na convencional.

No caso da box, é possível adquirir base e colchão separadamente. Se seu colchão estiver em bom uso, é só comprar a parte de baixo. Existe também a cama box conjugada: um colchão fixado na base, formando uma peça única. Custa menos que as tradicionais, mas tem a desvantagem de não permitir a troca do colchão quando ele se desgasta. Além disso, não se adapta a protetores e roupas de cama comuns, é preciso comprá-los sob medida.

 

Fonte: Assim eu gosto/Uol.

 

facebook_abril_sem3

 

Dicas de C&G

dicas-ceg3

A limpeza deve ser feita com aspirador de pó (exceto aspiradores com tubo de sucção raspando no piso) ou vassoura de cerdas macias e um pano úmido bem torcido na solução de produtos domésticos de limpeza isentos de cera ou silicone.

Eventualmente (uma vez por semana), a limpeza poderá ser feita diluindo uma ou duas tampas de qualquer produto à base de amoníaco, cloro ou detergente neutro em 1 litro d’água.

Molhe o pano nesta mistura, torça-o bem e aplique sobre o piso.

Nunca utilize material cortante ou abrasivo, cera ou enceradeiras elétricas, esponja de aço, lixa ou produtos à base de silicone.

 

Já conhece a linha Metrô da Eliane Revestimentos? São peças únicas que dão a impressão de tijolinhos na parede e que vão encantar a todos!

A linha está disponível em diversas cores, desde as mais clássica branco e preto como tons vibrantes.

Com superfície brilhante e tamanho 10x 20 cm é uma material de fácil limpeza.

Venha conhecer esse produto na Construlopes & Gimenez!

10689851_967504189931593_1929148994015550995_n

10527726_976947378987274_456135403581143612_n

10801795_1010694608945884_862011297977551182_n

 

Fotos: Facebook Eliane Revestimentos.

 

A Construlopes sempre incentiva o garimpo de produtos em suas lojas, e toda semana trazemos uma dica elaborado pelo O Bruno Seiji Takamatsu, estagiário na função de promotor de vendas/paginador da C&G.

Na nossa filial, temos um produto em saldo, que é uma faixa de 8x30cm. Temos 6 peças em estoque. Com essa quantidade, podemos fazer uma faixa linear em cima de uma bancada de banheiro.

garimponovo11 garimponovo12

 

facebook_abril_sem2

 

Dicas de C&G

dicas-ceg2

Para limpar a calha, basta juntar os resíduos manualmente ou se preferir, é possível utilizar um pincel ou uma pá. Em seguida, toda a estrutura deve ser lavada com uma mangueira com jatos d’água sob alta pressão para a remoção da sujeira fina, como pó e pequenos resquícios de folhas.

Pode parecer um problema simples, mas calhas obstruídas causam erosão em torno da construção. Para evitar que isso aconteça, é importante limpá-las a cada 6 meses.