Especial – Casa de praia

ceg-esp-4

 

Os materiais mais utilizados para esquadrias são madeira, alumínio e PVC. A madeira, cujo uso é cada vez menor, garante ótima vedação, mas exige mais manutenção, já que é necessária aplicação de verniz ou stain (outro tipo de acabamento para a matéria-prima) anualmente. Caso você queira pintá-la, lembre-se de utilizar um fundo para protegê-la. Neto atenta também para as dobradiças, que devem ser em inox para evitar a degradação causada pela maresia. Esse também é o tipo de esquadria que permite o maior tipo de personalização.

Em esquadrias de alumínio, o acabamento pode ser com pintura eletrostática ou anodização, que garante baixo grau de aderência de sujeiras, mas é bastante suscetível a manchas de argamassa. Portanto, é preciso tomar cuidado durante a obra. Para garantir a vedação, substitua as borrachas, em média, a cada três anos, dependendo do desgaste apresentado.

Já o PVC é o acabamento que vem sendo utilizado há menos tempo, mas tem se popularizado rapidamente. Ele é imune a corrosão, tem ótima vedação e sua caixilharia é a que tem melhor isolamento térmico.. O material não aceita pintura, mas já existem no mercado modelos estampados em madeira ou na cor preta. O PVC de primeira linha não perde o brilho e nem amarela. De todos os acabamentos para esquadrias, é o que menos exige manutenção, mas também dificilmente aceita restauro.

Para os três tipos (madeira, alumínio e PVC), é recomendado a lubrificação das articulações pelo menos uma vez por ano.

Fonte:PenseImóveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *